sábado, 18 de junho de 2011

Capítulo 57: “O paciente misterioso”: melhor que Demi não saiba

Meninas, resolvi postar pela quantidade de visualizações. Porém quero que saibam que estou triste pela falta de comentários. Espero que gostem desse capítulo.

Beijos!

Dias depois...

Nada estava encaminhando como devia e Joe e Demi estavam com os nervosos à flor da pele. Os móveis haviam esgotado, ou a compra não era possível, o dinheiro não deu como o planejado, já que alguns preparativos da pequena festa fugiram do controle. Dianna nem Demi sabiam o que estava acontecendo.

A única coisa que Demi queria era jogar tudo para o alto, em relação à festa, e se casar só no civil. Joe estava totalmente de acordo.

Diante de tanta dificuldade, Paul ajudou no orçamento. Joe foi contra, mas foi inevitável. Paul, como pai, se viu no direito de ajudar. Então as despesas da festa ficou por conta dele.

Demi estava num canto pensativa...

Joe: O que foi, meu anjo?

Demi: Nada sai como combinado! O DJ desmarcou com a gente, aceitou em outro lugar que vão pagar melhor...

Joe: Não precisamos de DJ! Eu mesmo faço um CD para tocar na festa, tudo bem? Não quero que se preocupe com essas coisas...

Demi: Por isso eu queria uma festa simples.

Joe: É, mas agora quem vai pagar não é mais a gente, é um presente do meu pai.

Demi: Falta pouco tempo para o casamento e não temos nem uma geladeira, sabia? Quando nos casarmos vamos ter que continuar morando aqui...

Joe: Não é para tanto... Se tiver fogão, está ótimo! Compramos macarrão, o que acha? Não precisa de fazer muito e nem de muito espaço para guardar! (riram)

Demi: (rindo) Para de brincadeira, Joe. E sério!

Joe: Eu sei, mas quem disse que seria fácil? Nosso apartamento não é tão longe daqui, por enquanto nossos pais não vão ligar de nos abrigar durante um tempo.

Demi: Nem casamos e já temos dívidas até o pescoço. (Demi deitou no ombro do noivo para tentar se livrar do peso da festa)

Mais tarde no jantar...

Dianna: Demi, infelizmente nenhum DJ tem disponibilidade nesse dia.

Joe: Eu já resolvi! Eu vou fazer um cd e colocamos para tocar.

Paul: Que isso, Joe. DJ é melhor. Você confiou, Demi? Já ouviu as músicas que Joe gosta?

Joe: Que isso, pai?

Nick: Eu tenho uma ideia melhor! O que acha da minha banda tocar no casamento de vocês? Claro que não vão ser só as nossas músicas, vocês selecionam e nós tocamos.

Demi: Não posso deixar você trabalhar no casamento do seu irmão!

Nick: É o meu presente de casamento.

Dianna: Está decidido, Nick e a banda tocarão no casamento!

Demi: De uma coisa eu sei: nunca mais vou me casar.

Joe: Pensava em me largar?

Demi: Não seu bobo! É só uma maneira de dizer que isso tudo dá dor de cabeça.

Joe: Eu concordo com você, Demi. Também não quero me casar novamente, mas a única coisa que me consola nisso tudo é que vou passar o resto da minha vida ao seu lado como minha esposa. Só de saber que vamos começar uma família juntos eu fico feliz... Meu sonho se realizará: casar com a mulher da minha vida é a realização de um sonho. Sonho em me casar com você desde o momento da nossa segunda briga. (rimos)

Demi: Te amo, Joe.

Demi levantou-se e beijou o noivo, após uma declaração dessas, quem não beijaria?

Mais alguns dias...

Mi: Então está tudo combinado?

Sel, David e Nick: Sim.

No hospital, com Demi e Joe...

Demi: Mas o que acha de pintar de amarela a parede da sala?

Joe: Ótimo, mas nosso quarto será branco, não é?

Demi: Claro!

Chama de urgência. Nisso Joe estava incluído. Faltava um mês para o seu casamento o foco era em ambos: no trabalho e no casamento.

Joe: Tenho que ir, mais tarde conversamos sobre isso.

Um homem havia passado mal, todos já sabiam o que ele tinha, era sua terceira visita ao hospital, Joe era o seu médico. O nome do paciente não foi informado de maneira nenhuma, pois Demi não podia saber. Esse paciente se trava de Sterling Knight, o ex da Demi. Mesmo ele tendo feito mal a Demi, ela era uma pessoa muito boa e sofreria com isso. Então Joe achou melhor esconder dela.

Na recepção Demi conversava com Fátima...

Demi: Fátinha linda do meu coração, você sabe quem é esse paciente misterioso?

Fátima: Sei, Demi, mas infelizmente não posso te dizer...

Demi: Por quê? Ele é tão poderoso assim?

Fátima: Não, ele é de classe média como nós, mas não podemos comentar muito sobre ele, pois a doença é segredo para muita gente. Pelo o que eu entendi a família não sabe ainda e tem funcionários do hospital que o conhece.

Demi: E o que ele tem?

Fátima: Leucemia, pelo o que parece está num estágio bem avançado.

Demi: Coitado... Isso quer dizer que ele pode morrer a qualquer momento.

Fátima: Nem tanto, ele ainda tem um bom tempo de vida. Pode até ir ao seu casamento!

Demi: O que?

Fátima: (mentindo) Eu disse que ele não morre antes do seu casamento. E por falar em casamento, como vão os preparativos?

Demi: Sempre acontece um problema, às vezes acho que nem vou me casar.

Fátima: Eu sei como é... Minha irmã quase não se casou.

Na sala do “paciente misterioso”...

Joe: Sterling, se você não fizer a quimioterapia a situação vai ficar mais feia para você, cara. Eu estou falando sério. Já marquei quatro vezes para você, se você não levar isso a sério, você pode...

Ster: Sei muito bem, que posso morrer... Não tenho nada a perder! A mulher da minha vida vai se casar... Desculpa. A que ponto eu cheguei!? Desabafando com meu rival! (riem)

Joe: Mas, quanto à quimioterapia, eu estou falando sério.

Ster: Não adianta marcar, eu não vou fazer.

Joe: Já que quer morrer, porque liga para cá quando está muito mal? A próxima você deixa para morrer de uma vez e me poupe de passar mais remédios! Já que você não quer fazer a quimioterapia por bem, vai fazer por mal. Você ficará internado aqui no hospital.

Ster: E a Demi? Combinamos que ela não saberia.

Joe: Acho que ela é a única pessoa que pode te ajudar a querer viver.

Ster: Não tem ciúmes?

Joe: Não, eu a amo e ela me ama, e acima de tudo, confiamos um no outro.

Ster: Tenho inveja de vocês.

Joe: E Chelsea?

Ster: Ela é chata, pega sempre no meu pé.

Joe: Quero saber onde ela está.

Ster: Ela não sabe que eu vim para cá. Estava fazendo compras quando passei mal. Sabia que nos casamos?

Joe: Não, quando?

Ster: Em Las Vegas. Sei que foi rápido, mas já morávamos juntos... Só assinamos o papel.

Joe: Sorte de vocês.

Ster: Será que eu estou vivo até o casamento de vocês?

Joe: Se fazer a quimioterapia, sim.

Ster: Eu quero ver a Demi feliz.

Joe: Eu também.

Com Demi e Fátima na recepção...

Demi estava ajudando Fátima na recepção, mas estava atenta a tudo no hospital.

Joe: Fátima, vá a sala especial e fiche o paciente aqui. Ele vai ficar internado.

Fátima: Mas e a “pessoa”?

Joe: Eu sei o que estou fazendo... O que faz aí, Demi?

Demi: Estou ajudando a Fátima.

Joe: Eu sei muito bem que você quer saber quem é o paciente misterioso...

Demi: Sabe o que percebi? Todos sabem quem é, menos eu. Quem é Joe? É alguém que eu conheço?

Joe: Podemos conversar na minha sala?

Demi: Diz se é alguém que eu conheço.

Joe: Sim.

Demi: Quem é?

Joe: Vamos para minha sala?

Na sala de Joe...

Demi: Pronto, agora me diz quem é?

Joe: ...

Continua...

· Qual será a reação de Demi?

· Não percam os capítulos finais de A Love Born of Hate!



Espiadinha:

(...)

Joe: Sei que é difícil, mas tem que ser forte e me ajudar a dar uma razão para ele continuar fazendo o tratamento. Incentive-o. (respirou fundo) Demi, vai lá conversar com ele... Ajude-o.

Demi: Está falando sério? Quer que eu vá conversar com Ster?

(...)

Ster: Eu estou morrendo mesmo.

Demi: Enquanto eu estiver ao seu lado, não.

Ster: Soube que vai se casar.

(...)

Demi: Acha mesma que casar agora é uma boa?

(...)

Chel: Bom, tenho um pedido a lhes fazer.

Joe: Pedido?

Chel: É muito importante.

(...)

Chel: Ster pode morrer. Joe, você como médico sabe mais do que ninguém que quando uma pessoa não quer viver, nada a faz ficar viva.

(...)




Para saber mais comente!

Se houver 10 ou mais comentários, eu posto ainda hoje!


Resposta à Noêmia: Eu não sei se vou fazer uma segunda temporada, não estou tendo retorno da primeira (comentários). Nem sei se vou postar outra história. E não tenha treco nenhum, não quero me sentir culpada depois.

Desculpe!

Beijos

Lover Jemi: Obrigada pelo selinho. Beijos!

Obrigada a todas que comentaram!

10 comentários:

  1. desculpa nao comentar antes é que o meu pc ta meio ruim,mas estou amando a historia e queria que tivesse a 2 temporada,tambem sou louca pelos integrantes do RBD,mas tambem pela as pessoinhas da disney,parabens vc e d++

    ResponderExcluir
  2. Ta mto mto bom, AAH MINHA IDOLA ME RESPONDEUU!!!!
    KKKKKK TAPAREI
    eu to amando sua historia, vc tem outras sobre jemi?eu keria mto ler

    ResponderExcluir
  3. por favor faiz a segunda se fosse por mim aki teria mais de 500000000 de comentarios, e eu so não comecei a comentar antes pq quando eu comecei a ler essa fic vc ja tinha chegado nas postagens de junho. mais eu amo sua historia vc realmente escreve mto bem

    ResponderExcluir
  4. aaaaaaaaaaaaaa lindoooo , to amando
    desculpa nao ter comentado ,tava com uns problemaas
    to muito curiosa
    posta posta

    ResponderExcluir
  5. PPPPPPPPPPPPPPPPPPPPooooooooooooooooooosssssssssssssssttttttttttttttttttttaaaaaaaaaaaaaa !

    Suuper cuuuriosa

    ResponderExcluir
  6. Amei o capitulo..
    Posta logo
    Bjusss

    ResponderExcluir
  7. Adoreei a história! Estou super curiosa...
    Você poderia passar lá no meu blog? Se gostar segue, e comenta, se quiser, porque sua opinião é muito importante para miim! Beijos
    http://fashiongirlbarbies.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. POSTA LOGO

    segue e divulga lileyhateorlove.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Peeeeeeeeeeeefeito
    Posta Logo!

    ResponderExcluir
  10. Selinho para vc : http://jemieunomudarianada.blogspot.com/2011/06/selinho.html

    ResponderExcluir

Oie, amores!
Espero que tenham gostado de " Amor Autêntico ". Escrevi com muito carinho e gostaria que registrassem o que acharam.
Posso contar com isso?
Amos vocês <3