sábado, 29 de outubro de 2011

Inevitável_ Capítulo 3:


Um Idiota qualquer

Demi: Como você pensa em resolver esse problema? Pretende ficar com o bebê mesmo sabendo que não é seu filho?

Joe: Bom, primeiro vou fazer exames para ter certeza se o filho é meu, depois eu vejo o que fazer... Pronto Demetria, seus filhos estão bem e você também... E vou recomendar a mesma coisa de sempre: boa alimentação, repouso...

Como o Dr. Joseph desviou o assunto Demi não quis voltar, mesmo estando muito curiosa...

Demi: Tá...

Joe: E você já tirou licença, não é?

Demi: Não, não posso eu tenho meus alunos... Eles dependem de mim. Estou esperando as férias e minha “chefe” arrumar uma substituta.

Joe: Não... Que isso, você está maluca? Assim você coloca a vida de seus filhos em risco... Você precisa descansar... Toma (entrega um atestado onde dizia que ela tinha que entrar de licença)

Demi (pega): Obrigada! (levanta-se para ir, mas...) Doutor, não fique triste. As coisas vão se resolver, elas sempre se resolvem...

Demi saiu com essa “frase de efeito”, que realmente o fez refletir...

Joe pensava em como tudo mudaria depois do resultado do exame, já que só estava casado por cauda do “filho” que Chelsea carregava. Nunca gostou da esposa, sempre a achou fútil, mesquinha, egoísta, antipática, ignorante, enfim... Por um deslize em uma noite se deitou com ela, estava bêbado. Ele estava comemorando com os amigos e ela apareceu... Como nós sabemos: homem+ bebida = sexo. E com Joe não foi diferente... Aquela noite ele queria apagar pelo resto de sua vida...

Depois de atender vários pacientes, Joe foi para casa, mas não encontrou sua esposa.

Joe (pensando): Com certeza está com o amante, o pai do seu filho!

Logo após o pensamento ela entrou em casa feliz da vida...

Chel (feliz): Oi amor! (deu-lhe um selinho não correspondido) Pensei que iria demorar hoje. O que tem para o jantar?

Joe (frio): Nada. Minha esposa não estava em casa!

Chel: Sou sua mulher, não sua empregada!

Joe: E eu sou seu marido, não um idiota qualquer que dá nome ao seu filho e paga suas contas - que não são poucas. Então vamos fazer um seguinte: enquanto eu tomo um banho para me livrar desse estresse, você vai levantar, pegar o telefone, discar o número da pizzaria, pedir uma pizza metade calabresa, metade muçarela. Eu juro que não vai doer nadinha. (vira para subir, toma um ar ao pronunciar as próximas palavras) Aproveita que já está com o telefone nas mãos e liga para o seu amante e diz que não pode se encontrar com ele amanhã porque você tem uma consulta marcada... (sai)

Chel (assustada): Eu não acredito nisso!

Com Demi...

Demi estava em seu quarto, tentando descansar como havia prometido a seu médico. Mas, por alguma razão, não conseguia tirá-lo da cabeça. “Coitado! Parece que queria mesmo aquele filho.” – pensava. Mas seus pensamentos foram interrompidos por Mi, que entrara no seu quarto...

Mi: Hey! O que você estava fazendo?

Demi: Eu estava pensando...

Mi: Em que?

Demi: Em uma coisa que aconteceu hoje no hospital...

Mi: Os meus afilhados estão bem?

Demi: Estão ótimos!

Mi: Então o que aconteceu?

Demi: Meu médico não estava muito bem... Então pedi para que me contasse o que tinha acontecido com ele... Depois de muito insistir, ele quis contar... A história dele é a seguinte... (conta-lhe a história) Mi, não sei porque, mas não consigo tirá-lo da minha cabeça!

Mi: Será que se apaixonou por seu médico?

Demi: Não viaja! Vamos comer pizza hoje?

Mi: Claro! Metade calabresa e a outra muçarela?

Demi: Leu meus pensamentos...

No dia seguinte...

Com Joseph e Chelsea...

Estavam a caminho do hospital. Joe estava muito nervoso, pois Chelsea havia dado um “show” em casa dizendo que não queria ir, que ele estava a obrigando... Joe como médico, se preocupa muito com a saúde do bebê. Mesmo desconfiando que não seja seu...

Já dentro do hospital, Chelsea estava tensa e Joe mais calmo. Ele sentia a tensão nela a quilômetros...

Com Demi...

Demi acordou mais tarde nesse dia. Ficou a noite inteira pensando em seus filhos... Onde colocaria os berços? Todos os quartos estavam ocupados, Mi e Sel já tinham oferecido os quartos delas, mas ela não quis aceitá-los... Suas amigas já haviam dado um teto a ela e aos filhos, seria muita injustiça elas sacrificarem seus quartos... Dentro do quarto dela não caberiam dois berços. Já estava no fim de sua gravidez e precisava organizar suas coisas antes que fosse tarde de mais.

Alguém entrou no quarto...

Mi: Oi! Bom dia! Pensei que estava dormindo.

Demi: Eu estava pensando em algumas coisas... (Mi senta na cama ao lado de Demi)

Mi: E essas coisas têm haver com os bebês? Ou com o médico gato?

Demi: Com os bebês... Cada dia que passa, as coisas ficam mais apertadas, literalmente. Não consigo tirar da cabeça o fato de meu marido, o pai dos meus filhos, não me ajudar em nada! Como ele pode ser tão frio? Não fala comigo há meses, aliás, nem sei onde encontrá-lo!

Mi: Amiga, algumas coisas têm que acontecer do jeito que são para acontecer. Não adianta tentarmos mudar porque não vamos conseguir... Já que ele não quer os filhos... Bom para nós! Vamos ganhar dois anjinhos de uma vez só! Eu e Selena vamos estar sempre ao seu lado...

Demi: Obrigada Mi! Isso é muito importante para mim.

Mi: Eu sei...

Com Joe e Chelsea...

Chegou a hora! O médico chamou Chelsea para consulta, ela levantou com muito medo, era perceptível. Parecia uma criança escondendo algo da mãe...

Chel (muito apavorada): Joe, prefiro ir sozinha!

Joe: Por quê? Sou o pai! Tenho meus direitos...

Chel (nervosa): Mais eu quero ir sozinha! Não me sinto bem com você ao meu lado... Eu preciso respirar, você está sempre no meu pé!

Joe: Larga de ser mentirosa! Você fica o dia inteiro fora! Eu mal chego perto de você, só à noite quando você quer alguma coisa de mim...

Chel: Nossa Joseph! Aqui não é lugar para brigar!

Joe: Quer saber, vá! Vá sozinha e não me enche mais! Faça o que quiser, mas lembre-se de uma coisa: ninguém esconde nada de mim, ok?

Chel: Eu não sei o que fiz para ter que aguentar um marido estúpido feito você! (saiu da sala de espera)

Chelsea conseguiu o que queria: entrar sozinha na sala de consulta. Será que ela tinha algo a esconder de Joseph? Se tinha, coitada! O médico que ia lhe atender era Liam, melhor amigo de Joseph.

Algumas horas depois Chelsea saiu sorridente do consultório...

Chel: Vamos meu “amoreco”?

Joe odiava ser chamado de AMORECO e Chelsea sempre fazia isso, ele respirou fundo para não ser grosso com ela, apesar de merecer.

Joe: Vamos, mas antes eu tenho que falar com alguns conhecidos aqui do hospital...

Chel: Então me dá dinheiro e eu pego um taxi. Não estou a fim de ficar te esperando...

Era só isso que Chelsea sabia falar ou pensar: “dinheiro”. Se dependesse de Chelsea, Joe já estaria falido. Como não queria aguentar a companhia dela por mais um minuto, deu dinheiro para ela.

Joe cumprimentou alguns conhecidos, como disse a Chelsea, mas o principal era seu melhor amigo Liam, aquele que atendeu Chelsea. Como ela não havia dito nada, ele teve que tomar a iniciativa e ir atrás do médico. Encontrou-o na sala de consulta quase saindo para o almoço. O amigo convidou-o para almoçar com ele.

Joe: Na verdade nem quero almoçar. Só aceitei porque quero saber do bebê.

Liam: Sinto muito pelo que aconteceu.

Joe: Do que você está falando?

Continua...





Agradecimento:

Oi, pessoas importantes da minha vida! Vou fazer uns avisos, agradecimentos e “brincar”, gerais. Primeiro de tudo: não quero ser a responsável pela morte de ninguém. Nossa, vocês me culpam por tudo, mas é bom... Pelo menos eu sei que o capítulo está bom e espero que esse tenha o mesmo retorno.

Ao anônimo que sempre me chama de diva e eu adoro isso: Todos queremos matar o Ster e olha que é só o começo, ele ainda vai aprontar algumas boas. Querida, essa história tem vinte e nove capítulo (29). Longa, ela não é... mas é grandinha. Queria ter escrito mais. Sim, eu já terminei de escrever, aliás, faz um tempinho já... Prometo não demorar a postar, só depende de vocês. Os últimos capítulos, quero postar perto do natal e ano novo, pois poderemos fechar o ano sem duvidas e começar com uma história nova. O que acha da ideia? Beijos para você, também.

Mariana, obrigada pelo selinho... Ele é muito fofo!

Obrigada pelos 12 comentários, vocês fazem a diferença na minha vida.

P.s.: Não esqueçam de comentar!


Frase de hoje: “Das grandes traições iniciam-se as grande renovações.” ( Vassili Vassilievitch Rozanov)





Divulgação:

E se fosse verdade

**Jemi and Nelena** Love and Hate



BahChris

Beijos!

15 comentários:

  1. Tá perfeito, adorei, a Chelsea e o Sterling podem dar as mãos,pois são dois insuportáveis...
    Posta o proximo capitulo logo hein
    Beijemi

    ResponderExcluir
  2. Carol akie-Comecei a ler seu blog agora e já estou amando suas histórias,parabéns!!Adorei o capítulo.

    ResponderExcluir
  3. Está perfeito *--*
    Posta logo!!!
    Quero saber o que o médico vai dizer!!!!
    Beijos*

    ResponderExcluir
  4. o que Liam vai dizer?
    POSTA LOGO
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie amre muito obrigadoo por divulgar meus blogs!!!

    ah e o capitulo ta muito legaaal

    Posta Logo' Eu e minha irmã estamos muito curiosas pra saber o que o Liam vai dizer'

    Bjo' =º

    ResponderExcluir
  6. Posta logo
    o capítulo ta perfeito

    ResponderExcluir
  7. Nauuum me deixa curiosaaaaaaaaaaa

    Ai meu Deus Amado

    Posta Logoooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  8. ESTOU MUITO CURIOSA!
    POSTA LOGO
    BJUSS

    ResponderExcluir
  9. Oiee Diva!!
    Serio, se o Ster fazer mais alguma coisa com a Demi, juro que ele nao vive mais. Nossa ia ser otimo vc fazer isso, fechar o ano com uma historia dessas.
    Quando o Joe vai ficar coma Demi??
    Beijos Diva!!
    Te Adoro!
    Posta logo!!

    ResponderExcluir
  10. oii, tb?

    vc pode entrar no meu blog

    meu blog:

    odeioeamo.blogspot.com\

    ResponderExcluir
  11. divulga meu blog, segue e comonta lá (se quiser) ? obg é www.jemi-staystrong.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. oiee, jah fiz o que vc me pediu para suas postagens!
    amo essa web e vc sabe, neh?
    bjks s2
    postaaa

    ResponderExcluir
  13. Que fofo, poste logo viu.
    Poderias divulgar meu blog?
    http://psiloveyou-niley.blogspot.com/
    Beijos

    ResponderExcluir

Oie, amores!
Espero que tenham gostado de " Amor Autêntico ". Escrevi com muito carinho e gostaria que registrassem o que acharam.
Posso contar com isso?
Amos vocês <3