segunda-feira, 23 de maio de 2011

Capítulo 52: Decisão final

ÚLTIMOS CAPÍTULOS...

Meninas, sei que não cheguei ao décimos comentário, mas passei para avisar que já terminei a história, só depende de vocês para postar o resto. Aproveitei e deixei o capítulo 52 aqui. Beijos!

Logo o sol já invadia a casa, mesmo sem dormir bem, Demi estava completamente disposta a enfrentar o que deixou para trás. Valeria a pena esse sacrifício?

Joe dormiu, mas ainda pensava em sua noiva, ou ex-noiva, a essa altura ele nem sabia mais.

A mesa estava farta, Demi havia preparado um café maravilhoso para sua amiga. Demi sorria, o que era completamente estranho, já que foi “dormir” triste.

Sel: Bom dia!

Demi: Bom dia!

Sel: Não vai trabalhar hoje?

Demi: Não, hoje vou ficar em casa... Isso me lembra de ligar para Joe. Posso?

Sel: Claro, já disse que você já é de casa.

Rapidamente Demi alcançou o telefone:

Início da conversa:

Joe: Oi!

Demi: Joe, sou eu Demi.

Joe: Graças a Deus que você ligou, eu queria muito conversar com você antes de irmos para o trabalho.

Demi: Então, é sobre isso que eu gostaria de falar. Eu não vou hoje.

Joe: Isso é ótimo. Tem coisa acontecendo no hospital que eu não queria que presenciasse. Mas eu queria conversar com você antes do meu almoço, pode ser?

Demi: Que tipo de coisas?

Joe: Depois te conto tudo com calma.

Demi: Por que não fica também? Assim conversamos melhor...

Joe: Eu não posso ficar, mas eu vou agora. Resolvo os problemas pendentes e depois volto e conversamos, pode ser assim?

Demi: Pode... Consegue chegar antes do almoço?

Joe: Consigo, estará em casa ou quer que eu vá te buscar?

Demi: Não precisa me buscar, vou para casa sozinha...

Joe: Ainda está magoada comigo?

Demi: Conversamos sobre isso mais tarde, Joe. Te amo.

Joe: Também te amo muito, beijos. Tchau.

Fim da conversa...

Sel: Você vai me contar o que está planejando ou eu vou ter que perguntar?

Demi: Eu te conto, é o seguinte...

Com Joe...

Ashley: Vai contar tudo a ela?

Joe: Claro! Depois do que houve eu não quero que Demi desconfie de mim de novo.

Ashley: Isso é ótimo para vocês... Eu vou indo...

Joe: Quer carona?

Ashley: Não, eu vim com o meu carro.

Cada demonstração de amor de Joe por Demi afetava demais Ashley, pois desde o primeiro momento que viu Joe se apaixonou, mas infelizmente Joe e Demi estavam muito felizes.

Ashley sempre foi muito azarada quando se diz respeito ao amor, sempre gostava de homens compromissados, ou gays desde a adolescência nunca conseguia um AMOR de verdade. Por ter conhecido Demi primeiro, Ashley não conseguiu se mover para afetar o amor deles.

Joe mesmo no hospital, só pensava em Demi. Seria perdoado?

Demi, ao contrário de Joe, estava bem calma, pensava que sabia o que estava por vir, mas na verdade não sabia de nada.

Por todo o hospital estavam correndo fofocas sobre a possível traição de Joe. Ninguém sabe como aquelas fofocas começaram, mas alguém as começou. Isso é horrível para o casal, já que estão enfrentando problemas...

Demi foi para casa esperar Joe, sua mãe estava no sofá, enquanto Caroline estava dormindo no carrinho perto do sofá. Demi cumprimentou a mãe e beijou a pequena Lovato Jonas dormindo.

Dianna: Você já sabe o que vai fazer?

Demi: Sim, eu vou conversar com Joe hoje, daqui a pouco.

Dianna: Eu sei que é difícil, ainda mais depois de tudo o que aconteceu, mas pensa bem... Estão quase se casando, sabe que é uma decisão final, não é?

Demi: Eu sei... É isso que me deixa mais assustada. Saber que mais tarde, Joe vai ser meu marido e a confiança, o respeito entre nós terá de aumentar. Às vezes acho que sei o que fazer, outras acho que é burrice.

Dianna: Isso é verdade, acho que conversar e entrar num acordo os dois juntos é a melhor solução.

Demi: Como Joe e eu vamos entrar num consenso se ele não pensa? Joe pensa só quando quer, às vezes é difícil conversar com ele.

Dianna: Imagino, parece o Paul, mas tente. Não custa nada tentar.

Demi: Pois é... Eu vou para o meu quarto tomar banho...

No hospital, Joe não parou um segundo. Todos os pacientes resolveram passar mal ou marcar consulta no mesmo dia. Ele não teve tempo nem de ligar e quando finalmente pode ligar, caiu na caixa postal. Ligou para casa, Dianna atendeu e disse que Demi estava no banho por isso não atendeu o celular, Joe pediu que Dianna desse o recado.

Dianna foi ao quarto de Demi, que, de toalha, abriu a porta...

Dianna: Joe disse que não vai poder vir para o almoço, segundo ele o hospital está um caos total.

Demi: Será que precisam de mim?

Dianna: Por que não liga para ele?

Demi alcançou rápido o celular, e discou para o noivo...

Joe: Demi, eu infelizmente não vou poder sair do hospital hoje tão cedo...

Demi: Minha mãe me contou, o hospital precisa de mim?

Joe: Não, é melhor você não vir para o hospital , pode não gostar muito do que está havendo aqui...

Demi: Diga o que está havendo?

Joe: Inventaram coisas aqui... Demi, é melhor ficar, depois conversamos, por favor!

Demi: Tudo bem... Boa sorte, te amo.

Joe: Também te amo muito...

Demi desligou o telefone...

Dianna viu a expressão preocupada de Demi.

Dianna: O que aconteceu?

Demi: Joe disse que é melhor eu não ir... Disse que eu não vou gostar do que está acontecendo...

Dianna: Ele disse o que está acontecendo?

Demi: Não, quer dizer, mais ou menos, disse que inventaram coisas. Não entendi no que isso me impede de trabalhar.

Dianna: Se ele disse para não ir, porque você vai...?

Demi: Eu não vou.

Dianna: Mas estava pensando em ir...

Demi: É, mas eu não vou. Eu só estou curiosa para saber o que está acontecendo...

Dianna: Joe vai te contar com calma.

Demi aproveitou o dia com a mãe e com a irmãzinha fofa. Demi adorou ninar e dar a mamadeira a pequena... Na verdade, Demi teve um dia de mãe.

Já estava, quer dizer, já havia passado a hora de Joseph chegar, Demi estava impaciente. Nada a distraía, a pequena já dormia.

Sem ter o que fazer ligou a tevê no canal de fofocas, não prestava a atenção em nada, mas acabou pegando no sono no sofá mesmo.

Joe chegou eram onze horas, nunca chagara tão tarde assim. Encontrou sua noiva largada no sofá, estava tão serena. Tina certeza que ela o esperava, Joe a pegou no colo e ela acordou, já que seu sono era leve.

Deixou-a no quarto...

Demi: Precisamos conversar, não é?

Continua...

Últimos capítulos...

11 comentários:

  1. Primeira...Ahhhhhhhhhhhh(Gritinho hisstérico)Tá parei...kkkkkkkkkkkkkkkk
    Sua fic é linda,maravilhosa,me deixou curiosa menina.....
    Posta logo....
    Por favor!!!Eu vou ter um clapso nervoso...kkkk

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH TA LINDO!
    POSTA LOGO
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  3. Parabéns amr! Voce ganhou um selinho no meu blog!! Passe lá: http://jemi-catchme.blogspot.com/2011/05/selinho.html

    ResponderExcluir
  4. nossa nossa nossa posta Rapido Flor *_*

    ResponderExcluir
  5. Posta logo,to morrendo de curiosidade haha'

    ResponderExcluir
  6. O que?Ultimos capitulos?
    vcvai postar outra né? :(
    Posta logo
    Beijemis =*

    ResponderExcluir
  7. posta, posta, posta...
    perfeito .. BJonas ;*

    ResponderExcluir
  8. Você ganho 3 selinhos no meu blog

    http://jemi-reallyloveyou.blogspot.com/2011/05/3-selinhos-d.html
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Selos http://musicajemi.blogspot.com/2011/05/selos.html

    ResponderExcluir

Oie, amores!
Espero que tenham gostado de " Amor Autêntico ". Escrevi com muito carinho e gostaria que registrassem o que acharam.
Posso contar com isso?
Amos vocês <3