sábado, 28 de setembro de 2013

Capítulo 4:


Joseph esperava Demi na frente da casa.
- Cuide de Demi, Joe! – ele riu e Demi também.
Vera achava que Demi poderia ser um bom partido para Joe. Onde ela estava com a cabeça? Perguntou Joe mentalmente.
- Demi, como vê, aqui é a casa principal da fazenda.
- Casa principal? Tem outra?
- Sim, temos a casa dos nossos peões. É logo ali! Tome cuidado com eles, pois adoram moças bonitas.
- É a primeira vez que me faz um elogio. Nunca vou esquecer desse dia. – Demi disse irônica.
- Logo ali é o curral.
- É grande! Quantos animais você tem na fazenda?
- Hoje, cerca de duzentos gados.
- Você trabalha com o que aqui?
- Nós trabalhamos com venda de gados para a reprodução. Aqui temos os mais belos e saudáveis cavalos e touros.
- Isso é interessante! É como uma prostituição de gados? – riram da comparação.
- Não. É para o beneficio deles, melhor do que morrer e ser cortado em partes para vender algumas delas.
- Entendi... Tem machos e fêmeas?
- Sim, mas eu prefiro e tenho mais os machos. Com as fêmeas temos que ter mais cuidado, principalmente quando ela é fertilizada. Os gastos são maiores. Eu só tenho uma égua e ela está prenha.
- Pouco tempo que estive aqui, eu já vi galinhas, ganso, porcos, galos, cachorros... Esses animais também...?- Joe não esperou Demi dizer.
- Não, as crianças gostam de brincar com eles, então eu não vendo. Às vezes comemos os que dão trabalho, mas as crianças não sabem.  Não conte a elas.
- Pode deixar vai ser nosso segredo.
- É realmente muito bonito aqui, Joe.
- E silencioso. – Joe disse. – E permanecerá assim. – Demi por um momento sentiu-se mal por querer comprar e fazer barulho.
O clima entre eles estava bem interessante, uma hora se comportavam como amigos, meros conhecidos, outra hora se comportavam como rivais, meros inimigos.

Às quatro da tarde as crianças chegariam e Demi estava ansiosa para conhecê-las. Joe havia ordenado que Demi ficasse na sala para recepciona-las como ele e a mãe sempre faziam. Pediu desculpas antecipadas pela atitude de José Lucas.
Já eram quatro horas, Vera trazia café em xícaras para os três. Demi ouviu risadas longe, pareciam alegres. Logo a porta principal se abriu, foi uma garotinha muito linda, Mariana, que a abriu.
- Papai, chegamos! – ela disse abraçando o pai e a avó. Logo entraram os outros quatro fazendo bagunça, despercebendo a presença de Demi ali.
O primeiro a perceber foi José Lucas, que invés de subir para o quarto como sempre fazia, parou...
- Olá! – ele disse. Logo os outros quatro olharam para a moça totalmente desconcertada ali em pé, olhando.
- Oi. – Demi disse tímida.
- Quem é, papai? – perguntou Pedro, o mais novo.
- Crianças, essa é Demi, ela ficará conosco durante alguns dias.
- Oi, Demi! Eu sou Mariana. – se apresentou. – Você é muito bonita! – disse sincera.
- Obrigada, Mariana. Você também é linda! Adorei a pulseira. – Demi reparou a pulseira que menina fez há três semanas e ninguém havia visto.
- Eu a fiz!
- Sou Fernando! – disse um pouco tímido, mas querendo aparecer. – Pode me chamar de Nando.
- Oi, Nando! Meu nome na verdade é Demetria, mas eu prefiro Demi.
- Eu também prefiro Demi. – Maria Clara disse sem se conter, querendo rir. – Sou Clara.
- Maria Clara. – disse Mariana corrigindo-a.
- Gosto que me chame de Clara.
- Tudo bem, Clara! Só vou te chamar assim.
- Eu prefiro que me chame de Lucas, se quiser me chamar. Tô subindo! – o menino sem deixar que Demi respondesse.
- Não liga para ele não, ele é bobo! – disse o caçulinha atrás do pai.
- Diga seu nome a ela. – Joe pediu.
- Pedro. – e voltou a se esconder.
- Acho Pedro um nome lindo!
- Onde mora, Demi? – Perguntou Mariana.
Os quatro queriam fazer diversas perguntas a Demi, já que ela não morava por lá e Demi respondia todas com muito carinho.
- Muito bem, crianças!  Já fizeram muitas perguntas a Demi. Vamos tomar banho e fazer as lições? – Joe pediu aos filhos.

Enquanto dava banho em Pedro.
- Papai, ela é sua namorada?
- Não, meu filho... De onde tirou uma coisa dessas?
- Lucas disse que você iria arrumar uma namorada.
- Posso até arrumar, mas não será Demi.
- Por quê? Ela é tão linda!
Joe não podia discordar do filho sempre achou Demi bonita, mas como tinha que ser firme, não deixou transparecer.

No jantar, Demi estava maravilhada com todos os filhos do Joe. Eles conversavam alegremente na mesa e, pela primeira vez, Demi viu Joe sorrir tão lindamente como estava sorrindo. Tinha um brilho diferente, era o amor pelos filhos.

O dia tinha sido bem cansativo, mas já estava na hora de dormir. Todos, exceto Joe, foram muito gentis com Demi e ela estava realmente se sentindo em casa. Era impressionante como aquele lugar mexia com Demi, ela precisava de um lugar assim, só que ela não sabia.
Demi dormiu como um anjo, como se nunca tivesse tido uma noite de sono. Só que acordou cedo, com as galinhas, poderia dizer. Demi resolveu levantar cedo como todos da casa.

Três dias depois...
Na cozinha, Vera estava lá fazendo o café.
- Bom dia, Vera! Quer ajuda com o café?
- Bom dia, Demi. Se quiser ajudar, pode pôr a mesa. As crianças já estão acordando e Joe precisa leva-las para a escola.
- Então Joe vai para o centro?
- Sim, como todos os dias.
- Será que ele aceitaria me levar para lá?
- Por que não pergunta diretamente para mim? – Joe chegou da porta da cozinha.
- Bom dia para você também, Joseph.
- Bom dia, Demetria. Então, quer ir onde e por quê?
- Por que te devo satisfações?
- Joe, leve a menina ao centro. Larga de ser metido! – Demi teve vontade de rir. Vera tratava Joe como se ele tivesse quinze anos.
Logo, os cinco filhos de Joe estavam na mesa tomando café.
- Demi, é verdade que você vai com a gente para a escola? – Fernando perguntou.
- Sim, eu vou ao centro.
Continua...
Quem é antigo? Lembra quando eu fazia vários perguntas? Kkk Me de vontade de fazer isso de novo.

O que Demi vai fazer no centro?
O que vai acontecer no centro?
Será que Joe mudou de ideia em relação a ferrovia?
Será que Demi mudou de ideia com relação a ferrovia?

COMENTEM!

4 comentários:

  1. Perfeito o Capitulo!
    Acho que a demi mudou de ideia da ferrovia.
    Poste logo!! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Perfeito *_* , divulga?http://mypreciousfics.blogspot.com.br

    Bjss, posta logo ❤️

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Oie, amores!
Espero que tenham gostado de " Amor Autêntico ". Escrevi com muito carinho e gostaria que registrassem o que acharam.
Posso contar com isso?
Amos vocês <3