quarta-feira, 9 de julho de 2014

Capítulo 16: I Hate You, Don’t Leave Me – Maratona (3\3)

Capítulo 16: I Hate You, Don’t Leave Me – Maratona (3\3)

Pela primeira vez em anos Demi se sentiu culpada depois de uma briga. Joseph só queria ajudar, mas ela tinha que ser tão estúpida assim com ele? Sem contar que ele tinha razão. Ela sempre dizia que seria legal um palpitar no texto do outro, mas nos dela ninguém o fazia, porque ela não deixava.
Demetria, sua egoísta! – pensou.
Demi resolveu esquecer essa briga e continuar escrevendo o texto.
Uma hora depois e apenas uma frase havia saído, Demi não estava bem e aquela briga só aumentou o problema, precisava ir para casa tomar um banho morno, colocar uma roupa leve e só então pegar esse texto novamente.
Ela guardou tudo que precisava dentro da bolsa e saiu de sua sala apagando a luz.
Demi sobressaltou-se quando viu Joe sentado, de braços cruzados e praticamente jogado no sofá da sala de espera dormindo, sem paletó gravata e com os botões da blusa abertos.
Ela ficou derretida, ela poderia pegar bochechas de Joe e apertar chamando-o de fofo.
Ele havia ficado por ela, ele havia esperado.
– Joe. – Demi chamou quase sussurrando. – Joseph!
– Oi! – respondeu com a voz rouca que quase fez Demi agarrá-lo naquele sofá. – Já acabou?
– Não, mas preciso ir para casa. Estou cansada.
– Tudo bem. – Joe levantou e antes de entrarem no elevador, tomou um copo de água de um filtro do corredor.
O elevador chegou e abriu as portas de alumínio, os dois entraram e ficaram em silencio. Demi olhava para Joe todo o tempo pensando em uma maneira de dizer que ele estava certo, ou de apenas agradecer por não tê-la deixado ir sozinha, mas ela não conseguia.
Por que pedir desculpas, era tão difícil?

No estacionamento, Joe destravou o carro e entraram ainda em silêncio, assim como durante todo o trajeto.
Joe queria dizer um monte de coisas, mas preferiu o silencio, ele não queria brigar mais. Não hoje.
Talvez no dia seguinte eles briguem mais e possam se reconciliar do modo como gostavam, mas não diria mais nada hoje. Ela estava lhe devendo um pedido de desculpas e ele iria cobrar.
Joe estacionou o carro e ambos saíram do carro, ele fechou o carro travando-o em seguida. Andaram juntos até o elevador e entraram juntos quando ele chegou.
Demi ainda travava uma briga interna de como pedir desculpas, até que o elevador abriu e ela quase teve um colapso.
É agora, ou nunca!
Joe já estava abrindo a porta de seu apartamento e ela estava parada como uma estatua atrás dele.
Ela não sabia o que dizer, nem como dizer, mas tentaria de qualquer forma. Então fez a primeira coisa que passou por sua cabeça, e por impulso o abraçou pelas costas.
– Desculpa! – Joe segurou as mãos dela e se virou ficando de frente para ela.
– O que disse? – ele quis repetir.
Não era todo dia que podia-se ouvir Demetria se desculpando.
– Me desculpe por ter sido estúpida com você. Eu estava nervosa e... Você tem razão. Eu sou egoísta, eu odeio quando querem escrever no meu artigo e você tem razão quando diz que eu devo mudar. Tudo pelo bem da revista.
– Eu só te desculpo depois que você me provar que realmente quer mudar. Aceita um parceiro hoje? – Demi formou uma careta no rosto e aceitou relutante. – Que menina difícil! – eles entraram no apartamento de Joe.
– Obrigada por ter me esperando.
– Eu prometi e eu sou um homem que cumpri promessas.
– É bom saber disso.
– Vou preparar o nosso jantar.
– Eu vou no meu apartamento tomar um banho.
– Hei, não! Tome um banho aqui, depois você troca de roupa. Você nunca fica.
– Não acho uma boa ideia.
– Por que? Somos namorados.
– Não somos namorados.
– Vá para o banho, deixe a porta destrancada eu vou levar uma toalha para você.
Demi entrou no banheiro da suíte de Joe. Era a primeira vez que entrava naquele banheiro e por isso nunca havia percebido o quanto ele era masculino com azulejos escuros.
Ela tirou a roupa e entrou na ducha, resolveu lavar o cabelo isso ajudava sempre, se mantinha mais leve e mais limpa.
– Acho que vou tomar banho com você.
– Você é bem vindo! – exclamou Demi, mas ela queria implorar para que ele entrasse.
– Desculpe, querida. Eu vou fazer o jantar.
– Você vai fazer o jantar? Desde quando você sabe cozinhar, Joe? Aliás, desde quando você tem panelas?
–Eu segui o seu conselho sobre culinária para homens.
–Eu preciso ver isso.
Demi terminou o banho rápido, colocou o robe do Joe e saiu do banheiro secando os cabelos. No quarto dele tudo se mantinha impecável, bem diferente da última vez que ela esteve e parecia que um tornado havia passado.
Demi abriu a primeira gaveta da cômoda, só havia cuecas e boxers. Na verdade apenas quatro boxer, mas ela não se lembrava de ver Joe com cuecas, na maioria das vezes eram boxer.
Demi pegou uma e a vestiu, era vizinha dele poderia devolver mais tarde. A mulher continuou revistando a cômoda e encontrou uma gaveta de camisas, pegou a primeira que achou. Ela não vestiria a mesma roupa social que estava, não depois de toda a atividade do dia.
Ela foi para cozinha e ainda estava secando o cabelo.
– Que cheiro delicioso!
Joe estava em frente ao fogão mexendo em alguma panela e lia o livro “Sobreviva: Guia Dos Homens”
– É macarrão com molho de carne moída. Super simples, fácil, rápido e mata fome.
– Me deixe terminar e você pode ir tomar banho.
– Você ficou sexy com a minha camisa.
– Por que você só tem quatro boxer?
– Pergunta interessante.
–Huum, mas e a minha resposta?.
– Outro dia eu te conto. Você pode vigiar o macarrão? – Demi assentiu de cara feia.
Não queria mais arranjar brigas com Joe, mas queria saber.

Os dois terminaram o jantar e para a surpresa de Demi estava delicioso. Joe havia se saído muito bem como cozinheiro essa noite. Não demorou a pegar no artigo de Demi, ela contou as ideias, pros e contra daquele artigo e juntos acabaram fazendo um ótimo trabalho.
Demi ficou contente por ter deixado Joe lhe ajudar,o artigo havia ficado muito bom. Mesmo na cama dele, lugar onde ela odiava trabalhar, mas Joe disse que a cama era relaxante para escrever.
– Vou levar esses pratos para a cozinha. – Joe disse

Ele foi até a cozinha, lavou a louça e colocou no secador. Ao voltar ao quarto se deparou com Demi olhando para o computador concentrada. Ela estava com os óculos de grau e o cabelo preso num coque desleixado. Estava linda pensou ele. Ainda mais com a camisa dele que a deixava incrivelmente sexy. Ele sorriu e mais uma vez pensou que poderia se acostumar a tê-la sempre assim ao lado dele. Gostava da sua companhia, quando não brigavam. Demi tinha um lado doce e sonhador, como todo mundo.
Ela só não gostava de mostrar isso para as pessoas, mas por mais estranho que isso possa aparecer, pra ele, ela sempre mostrava esse lado, meio que involuntariamente. E ele adorava o jeito que ela o abraçava quando estava assim.
Era tão bom que por um instante ele se esquecia de toda a situação em volta dos dois. Ele estava se sentindo confuso ultimamente, vinha desmarcando as noitadas do final de semana, na esperança de ter algumas boas horas ao lado dela. E ele não estava entendendo porque sentia tanta necessidade de tê-la. Ele a odiava, e ela também odeia de volta, ou não? O que sabia era que estava travando uma luta interna entre sua cabeça e seu coração, e ele não tinha muita experiência com corações, ele não tinha um, ou pelo menos achava que não, até algumas semanas atrás.
Demi que estava finalizando o artigo pra enviar a Selena, sentiu que estava sendo observada e levantou os olhos em direção a porta. O viu com o olhar direcionado a ela, mas parecia distante, pensativo.
–Está tudo bem? – ele não respondeu – Joe? – (...) – JOSEPH!
–OI..hã? O que foi ? Porque gritou?
–Você ta parado há séculos e eu te chamei, mas você não respondeu... Onde você tava com a cabeça?
–Em você..
–O que?
–Er.. Nada eu só tava pensando sobre algumas coisas que tenho pra resolver amanhã na revista nada demais. – ele se deitou ao lado dela que continuava sentada– Então enviou?
–Sim,já terminei aqui – ela disse desligando o notebook enquanto ele levantava e a abraçava pelos ombros começando uma massagem-
–Que bom, assim eu já posso te ajudar a relaxar – ele sussurrou no ouvido dela fazendo com que ela se arrepiasse inteira e quase derrubasse o notebook
–Joe, se você me relaxar demais eu vou desmaiar - ela disse rindo de leve
–Não tem problema, eu quero que você relaxe e descanse, amanhã é um longo dia e tem reunião de fechamento de edição. – ele colocou o notebook no chão ao lado da cama e voltou aos ombros de Demi
–Ai nem me lembra, eu odeio fechamento, não tenho paciência pra alguns coleguinhas seus.
–Que coleguinhas? – ele perguntou curioso
– O pateta do Food, por exemplo, ele é um panaca que acha que as mulheres são objetos e ainda por cima se acha um grande jornalista, faça me o favor! O cara não consegue escrever uma linha sem precisar de corretor ortográfico.
Joe gargalhou do comentário
– Olha eu sei que ele trabalha pra mim, mas tenho que concordar, o cara é um babaca mesmo. – Demi se virou sorrindo pra ele e passou os braços em volta do seu pescoço e de joelhos na cama
–Espera você ta concordando comigo? Isso é novidade.
–Eu concordo quando você está certa, você que acha que esta certa sempre- ele riu da cara que ela fez
–Hey eu não ach..

E ele a beijou, com calma e carinho.
Queria aproveitar o momento e pelo visto Demi também, pois não reclamou do beijo. Ele a deitou calmamente sobre a cama e entre beijos e carícias bem demoradas e quentes, transaram mais uma vez, dessa vez com mais calma, aproveitando o calor um do outro. Ao final Demi estava tão cansada que mal conseguia manter os olhos abertos. Estavam abraçados e ela estava em seu peito fazendo desenhos imaginários com os dedos sobre ele, enquanto Joe acariciava suas costas levemente.
–Eu tenho que ir.
–Por que?
–Porque são 1:30 da manhã e vamos acordar cedo pra trabalhar.
–Então fica.
–O que?
–Fica aqui, você está confortável e quentinha, não tem porque você levantar pra ir pra casa apenas pra dormir. Eu não vou te atacar no meio da noite, prometo. – Ele disse sorrindo ao olhar pra ela
Demi suspirou, ela queria ficar, não ia admitir, mas adorava acordar nos braços de Joe, o que raramente acontecia, pois ele sempre ia embora no meio da madrugada. Mas pensou novamente, ele estava pedindo, então por que não?

–Esta bem, espero que não me ataque mesmo – ela sorriu e se aconchegou mais a ele que a abraçou. Ambos adoravam estar assim um com o outro, mas tinha receio de estragar tudo se revelassem esse sentimento.
Afinal eles se odiavam não?
No dia seguinte, Joe acordou primeiro, fez sua higiene matutina, tomou banho e já estava vestido com a calça jeans e meias. E nada de Demi levantar. Ele foi até o quarto e a viu esparramada na cama agarrando o seu travesseiro. Ele sorriu com a cena e se deitou ao seu lado a abraçando pra acorda-la.
–Hey, hora de acordar dorminhoca, senão vamos nos atrasar.
–Huum, não, eu não..qu..ero trabalhar hoje
–-Claro que quer mocinha, hoje tem reunião de pauta e vão te matar se você não for.
–Não, quero dormir, só maaais um pouquinhooo – ela falava com a voz arrastada pelo sono e Joe achou aquilo adorável. Tomado pelo momento ele nem se ligou no que estava dizendo
-Acorda amor, vamos nos atrasar – ele disse com o rosto afundado em seu pescoço, mas Demi entendeu perfeitamente a palavra AMOR?
Demi se levantou de um pulo, e deixou Joe atordoado. Ela o olhava assustada e ele não entendia o porque.
–Você esta bem? – Joe perguntou com a feição estranha
– O que você disse?
     

XXX
Amor? Isso está indo para outro nível!
Gostaram da maratona? Então comentem.
AMAMOS os 16 comentários do capítulo 13, tanto que Leka achou que mereciam uma maratona com três capítulos. Esperamos que tenham gostado.

Muitos beijos em vossos corações.
P.s: Luh, eu li os comentários! É o último de hoje, hein!

21 comentários:

  1. Sua malvada :( Eu queria muito mais, e ainda por cima você ara numa parte dessas :(
    Espero que amanhã tenha então, pq se não vou ficar muito carente de fics :(
    Beijos~

    ResponderExcluir
  2. Merecemos mais maratonas ne rsrs.
    Adorei os capitulos e a maratona.
    Poste logo!! Beijos

    ResponderExcluir
  3. estou viciada na sua historia,que fofo o joe com a demi,eles tem que descobrir que se amam

    ResponderExcluir
  4. Omg joe e Demi coisinhas boas hihi. Amei a maratona. Poste logo. Kiss :*

    ResponderExcluir
  5. OMG.o Joe gosta dela aeeeeeeee *----*,espero que ele assuma logo..posta logooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo please

    ResponderExcluir
  6. que perfeito <3
    o joe ainda chama de amor <3 <3 <3
    apaixonada aqui u.u
    posta logooo
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Omg lindo.lindo.lindo...... Caramba poderia postar só mais umzinho hoje hein???? Não irei conseguir esperara até amanhã...... Apaixonante está fic

    ResponderExcluir
  8. Posta mais um hoje por favor, eu não vou aguentar esperar até amanhã
    Estou viciada nessa fic!!!

    ResponderExcluir
  9. Deus eu amei cada capítulo dessa mini.maratona!! Ainda não me recuperei por que acho que tinha que ter mais capítulos. Sei lá só acho kkkkkkk
    Ficou perfeito <3 posta mais
    Fabíola Barboza

    ResponderExcluir
  10. Quero mais já. A história tá maravilhosa não demora a posta não

    ResponderExcluir
  11. estou amando. Quero ver a reação da Demi após ele dizer essa palavra jksahkjhsa posta logo pfvr

    ResponderExcluir
  12. QUE LINDO!!!!!!
    Ele disse AMOR Demetria!!!!
    POSTA LOGO
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Bah li tudinhoooooo
    acho só acho que já passou dos dez comentários merecemos mais um capituloooo
    Pleaseeee
    beijos na minha duas princesas
    Bah & Leka

    ResponderExcluir
  14. Ahhh como vc para ae ! Posta mais pllz

    ResponderExcluir
  15. Fabi leitora nova e amante dessa fic10/07/2014 10:14

    Jesus Maria José..... Como tu para aí????? Por favor posta mais uns 5 só para não morrermos de curiosidade pq nossa essa fic é Maravilhosa e eu estou super viciada nepa, posta posta posta posta por favor

    ResponderExcluir
  16. Lekaaaaaaa barbis ta perfeito demais
    Onw Joe chamou demi de amor *--*
    Sera que ele vai repetir o que disse? Espero que sim
    A cada dia esses dois ficam cada vê mas apaixonados, muito fofos cara.
    Posta mas logo barbis quero muito ler outro capitulo. Você poderia postar.como. recompensa ne? Estou postando no meu blog só POR sua causa RS
    Posta logoooooo
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Posta logo por favor

    ResponderExcluir
  18. Heeeyyyy já tem o dobro de comentários!! Você poderia postar 2 cap. para recompensar

    ResponderExcluir
  19. MDS!!! Eles estão se apaixonando :33
    QUERO MAAAAAAAIS
    Posta looooooogo e maaaaaaaais mataronaaa!

    ResponderExcluir

Oie, amores!
Espero que tenham gostado de " Amor Autêntico ". Escrevi com muito carinho e gostaria que registrassem o que acharam.
Posso contar com isso?
Amos vocês <3