segunda-feira, 14 de julho de 2014

Capítulo 21: I Hate You, Don't Leave Me



–Alô? Oi pai... uhum.. Eu estou com ela aqui sim – Demi olhou pra ele curiosa – Pai, calma.. Sim, mas está tudo bem agora não se preocupe... Não foi nada demais, pai.. Eu sei... Já entendi, pai...Sei.. ahn.. Tudo bem, claro.. Legal.. Pode deixar.. Até amanhã.. Tchau. – Ele desligou.
Demi olhava pra ele esperando que ele explicasse
–  Meu pai marcou um almoço amanhã lá em casa e convidou seus pais. Eles confirmaram, e meio que, tecnicamente, nós temos que ir.
– Por quê?
– Porque eles meio que descobriram sobre o ataque a você e seu pai está querendo te matar por você não ter ligado pra ele então, acho que é melhor a gente ir.
– Meu Deus, eu esqueci completamente. Estou tão acostumada a resolver meus problemas que me esqueço de falar com eles. E também depois que a mamãe ficou doente não tenho coragem de perturbá-lo com mais coisas – ela disse pensativa.
– Eu entendo, também não gosto de encher a cabeça deles com as minhas coisas, mas acho que devemos ir pra eles não ficarem mais chateados do que já estão.
– Claro, nós vamos sim. Você vai comigo ou vai fazer algo antes?
– Não, vou com você, afinal somos “noivos” logo o normal seja que cheguemos juntos.
– Claro, bom já são cinco horas Joe, melhor irmos ou vai ficar tarde.
– Ah, eu não quero ir – ele a abraçava carinhosamente por trás – está tão bom aqui com você.
– Eu também não quero ir, mas precisamos, temos duas horas de trem até Manhattan e ainda a delícia do transito que vamos pegar no centro até em casa.
– Me convenceu, vamos.

Os dois fizeram o caminho de volta abraçados.
Demi cochilou durante toda a viagem e Joe a abraçava carinhosamente, pensando em como ela havia se tornado importante pra ele. Ele nunca levou ninguém a Jersey antes. Ela já conhecia o lugar por irem juntos quando crianças, mas ela não sabia que era um lugar especial para ele. Ele sorriu se lembrando dessa manhã. A briga besta, a conversa reveladora, as preliminares no corredor. Ele nunca esqueceria a visão dela se contorcendo de prazer sobre aquela porta. Foi acordado de seus pensamentos quando ela se mexeu e a olhou.
Como era linda, ele pensou.
– O que você tanto olha? Posso saber? – ela disse de olhos fechados com um meio sorriso.
– O quanto você é linda – ela abriu os olhos encontrando os dele que sorria.
– Acho que chegamos – ela disse fugindo do assunto já que estava sem graça e ele percebeu – O trem esta parando.

Os dois desembarcaram e pegaram o carro de Joe no estacionamento. No caminho resolveram comer. Jantaram em um restaurante no centro mesmo e lá pelas onze da noite estavam chegando ao prédio onde moravam. Subiram até o andar conversando banalidades e chegaram à cobertura onde desceram.
– Acho que está entregue mocinha
– Pois é. Obrigada pelo ótimo sábado, e por ter sido tão legal comigo nesse momento.
– Não me agradeça, eu gosto de você Demi, você é uma pessoa incrível e ter sua companhia é muito agradável. Quando você não quer me matar, claro. – ele disse rindo fazendo-a rir também.
– Você também é um cara incrível, quando não age feito um troglodita.

Ele ainda sorria pra ela que retribuía. Ele se aproximou, segurando seu rosto e o acariciando delicadamente fazendo com que ela fechasse os olhos.  Ela se aproximou mais colando seus corpos e ele a beijou. O beijo foi doce, delicado e cheio de carinho. Eles aproveitaram cada segundo daquele momento, pois sabiam que talvez ele não acontecesse outra vez. Ao final se separaram com selinhos, mas suas testas ainda seguiam coladas.
– Boa noite.
– Boa noite.
Joe ameaçou se afastar, mas Demi o puxou de volta pondo seus braços em volta do pescoço dele.
– Espera.
– Que foi?
– Fica comigo essa noite?
– Tem certeza?
– Eu quero você, quer mais certeza que isso? – ela dizia sussurrando ante seus lábios, o entorpecendo de paixão por aquela mulher.
– Não, estou plenamente convencido.

Os dois entraram feito o furacão katrina no apartamento de Demi. Roupas iam sendo jogadas pelo caminho, mas eles não ligavam pra isso. Chegaram a cama só Deus sabe como, já que mal enxergavam o caminho entre beijos e mais beijos.
Joe estava apenas de boxer quando deitou Demi apenas de calcinha em sua cama. Ele levantou o tronco para olhá-la e ela o olhava com um sorriso safado e mordendo o lábio inferior esperando pela ação dele. Ele ficava louco quando ela mostrava esse seu lado. Forte e decidida no trabalho, quente e descarada na cama. E ele sabia que só ele havia visto essa Demi depravada e pervertida. Porque era apenas com ele que ela aparecia, e ele adorava isso.
– O que foi? – ela perguntava divertida.
– Nada, eu gosto de olhar pra você.
– Só de olhar? – ela sorriu mais ainda o fazendo descer até a altura do seu rosto.
– Não, de pegar também, de um jeito que te faça gemer feito uma gata no cio – ela chegou próximo ao seu ouvido sussurrando.
– Miaaau

Ele sorriu e a beijou com vontade, desceu pelo pescoço e colo não deixando nenhum pedacinho de pele de fora de seus beijos ardentes. Demorou-se em seus seios, um de cada vez, com vontade e fazendo-a gemer arrastado. Ele foi descendo por sua barriga até o cós da calcinha. Demi já ofegava e ele a retirou devagar, voltando a beijar a parte interna das coxas, chegando até a virilha, fazendo Demi se sobressaltar.
– Joe, o que você..? – ele parou e olhou em seus olhos.
– Você confia em mim?
– Confio.
– Certo, então apenas relaxe e sinta ok? Eu só quero te dar prazer Demi, nada mais. Não vou machucar você, eu prometo.
– Eu sei que não vai me machucar, só me assustei. Você sabe que eu nunca...
– Eu sei, e prometo que farei o meu melhor pra que você curta essa experiência da melhor forma.
– Tudo bem, só.. Eu não sei se eu vou conseguir.. Você sabe
– Relaxa, só se preocupe em absorver as sensações, ok? – ela assentiu.

Joe sabia que ela estava nervosa, era uma experiência nova pra ela e ele achava o cúmulo que o panaca do ex-namorado nunca tivesse feito. Que se foda ele, agora ela saberia o que era através dele, e estava se sentindo muito bem com isso.
Ele começou devagar com beijos molhados e demorados na parte interna das coxas, acariciando suas pernas e cintura ao mesmo tempo. Demi estava tensa, mas com os beijos dele em suas coxas, estava se sentindo muito bem, relaxando e se deixando levar pelo momento. Joe despertava isso nela, essa vontade de querer explorar o mundo. Ter novas experiências em vários campos da vida, principalmente no sexo. Ela estava conhecendo o paraíso com ele. E estava adorando.

Joe foi subindo lentamente e sentiu Demi travar um pouco, então com os dedos, começou a acariciar seu ponto sensível bem devagar, fazendo com que ela começasse a respirar mais pesadamente. Demi adorava ser tocada por ele, ele sabia exatamente quando, como e o que fazer. Aquilo a enlouquecia. Quando estava começando a sentir seu corpo esquentar, sentiu a língua de Joe passear timidamente por sua intimidade. Ela respirou fundo, aquilo era bom demais. Joe seguiu dando lambidas certeiras em torno de toda a intimidade de Demi e ela a essa altura gemia como se não houvesse amanhã.
Joe já sugava com vontade o ponto sensível de sua intimidade e Demi estava descontrolada. Ela gemia e erguia o quadril tamanho era o grau de prazer em que ela se encontrava. Joe estava excitado só de ouvi-la gritar seu nome. Era a melhor sensação da terra. Se ele não se segurasse gozaria sem sequer penetrá-la.

Em poucos minutos, Demi chegava ao orgasmo, e mal conseguia raciocinar. Estava dormente e tremia feito uma cadelinha. Ela mal agüentava respirar e tudo rodava. Aquilo foi o melhor orgasmo que ela já teve, e olha que só havia Joe na lista dos “mais-mais”. Ele sempre se superava. Ela sentiu que ele subia fazendo um caminho de beijos por sua barriga até chegar ao pescoço. Ele parou ali e se aconchegou sobre ela.
– Você está bem?
– Eu estou... FANTÁSTICA – ela disse com um sorriso enorme olhando pra ele que também sorria.
– Isso é bom, acho que eu fiz um trabalho razoável.
Demi apesar de estar ainda meio mole, subiu sobre ele e o beijou com vontade. Sentiu sua ereção em sua coxa e sorriu.
– Razoável? Você me deixou dormente, e agora eu quero mais – ela sorriu maliciosa o fazendo sorrir confuso
– Mas já? Você aguenta?
– Se você me fizer gozar assim, eu aguento a noite inteira.

Aquilo foi o bastante pra ele atacá-la e virar o jogo. Ela ria enquanto tentavam tirar a boxer dele. Depois de muitas risadas e a boxer voando pelos ares, Joe finalmente a penetrou. Ele estava tão excitado que não demorou muito para chegar ao seu limite. E Demi que ainda se recuperava de um senhor orgasmo teve outro. Os dois se abraçaram, Demi no peito de Joe que acariciava seu braço. Ficaram em silêncio por algum tempo, aproveitando aquela paz que andava rara entre eles, e naquele dia reinou.
– Demi
– Oi
– Se eu fosse ruim de cama, você ainda transaria comigo? – Demi gargalhou da pergunta e Joe ficou sério a fazendo parar imediatamente.
– Você ta falando sério?
– O que você acha?
– Desculpa, certo, er.. Bom eu não acho que exista alguém ruim de cama, o que existe é incompatibilidade entre as pessoas. Quando duas pessoas se encaixam, o sexo é incrível, mas talvez se não houver essa química haja a impressão de que a pessoa é ruim, e não é bem assim. Aliás, quando se gosta de alguém de verdade isso é apenas um detalhe Joe.
– Tá, mas você não respondeu minha pergunta.
– Sim, eu ficaria com você. O fato de você ser bom ou ruim não me importaria se tivéssemos uma relação real. Porque eu te amaria e isso ia bastar pra eu gostar de transar com você mesmo se você fosse um completo idiota na cama.

Quando ela disse relação real, mesmo sem saber por que aquilo fez Joe se sentir mal. Era como se aquilo fosse um jogo e ele o peão que ela manipulava. Parou de pensar nisso, ele teve um dia maravilhoso e um sexo mais ainda. O resto ele deixava pra pensar depois.
– Hey, tudo bem?
– Uhum
– Você ficou quieto depois que eu respondi, ficou chateado?
– Não Demi, você foi sincera e eu admiro isso em você. Não estou chateado. Vamos dormir? Amanhã o dia será cheio e nós temos que estar bem dispostos pra encarar os leões.
– Você tá certo, amanhã será um dia bem complicado, então boa noite.
– Boa noite – ele recebeu um selinho demorado.

E assim adormeceram, pensando naquele dia incrível, e desejando secretamente que ele se repetisse mais algumas vezes, até aquela farsa acabar.

XXXX

PRECISAMOS DIZER QUE ESTAMOS MORRENDO DE AMORES POR ESSES 24 COMENTÁRIOS???
CONTINUEM ASSIM E TEREMOS PEQUENOS ENFARTES A CADA POSTAGEM KKK


AMAMOS VOCÊS!!!

30 comentários:

  1. nem pensa em enfartar
    quero maaais u.u
    posta logo

    ResponderExcluir
  2. Ta demaaaaais meninas. Muito perfeito. Muito show. Muito tudo Kkkk
    Onw gente preciso dizer que estou amando Joe e Demi? Acho que não ne Kkkk
    Esses momentos hot deles ai, sem comentários também . kkkkk
    Safados total
    Posta mas logo. To doido pro próximo.
    Beijos
    Barbis, Leka arrasando como sempre. Amo vocês s2

    ResponderExcluir
  3. Cada capitulo eu me Apaixona mais por essa Fic.
    Adorei. Poste logo!! Bjs

    ResponderExcluir
  4. cada vez mais ansiosa para ver o desenrolar desse romance, espero que poste o mais rápido possível, e quem sabe até uma maratona RS.

    ResponderExcluir
  5. Pefeitooooooooooooooooo...posta logooooooooooooooooooooooooo pleaseeeeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
  6. Amei :) ficou muito perfeito... Posta mais
    Fabíola Barboza :*

    ResponderExcluir
  7. perfeito u.u
    um dos melhores capítulos da fic u.u
    posta logooo
    tão fofoo esses dois
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Posta logooooooooo!!? Ta perfeito! Muito fofo, eu to amando essa fic!

    ResponderExcluir
  9. Olhe eu quero saber quando ele vai assumir o amor dele por ela, mas a senhora não posta, cadê vc ??
    Eu vou morrer de abstinência sem essa fic :c
    Pooooosta loooogo pls

    ResponderExcluir
  10. estou completamente apaixonada por essa fic
    posta logo pfvr

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Nem acreditei quando eu entrei e vi o cap 21 disponivel!!!!!!!!Alegrou meu dia.. vcs são demais..
    Quero o proximo cap logoooooooooooo.. bjssssssss

    ResponderExcluir
  13. Mais hoje já é quinta, tem que postar mais! Dois logo para recompensar...tô amando

    ResponderExcluir
  14. Pode postar uma maratona logo para recompensar !
    Amando ! Por favor posta mais

    ResponderExcluir
  15. Cade você? Já passou quase uma semana e nada de novo capítulo...merecemos maratona por causa disso. Please posta logo estou ansiosa demais. Essa fic é maravilhosa, amo

    ResponderExcluir
  16. OMG posta logo !!!! Estou quase morrendo !!!

    ResponderExcluir
  17. Posta logo!!
    Eu vou morrer sem capítulo novo!!

    ResponderExcluir
  18. Por favor posar logo

    ResponderExcluir
  19. posta mais,amo sua historiaaa!!

    ResponderExcluir
  20. Mlr cade a senhora ?! Vooooooooolte, eu quero saber o que vai acontecer

    ResponderExcluir
  21. Cadê você? Posta logo por favor senão eu vou morrer!!!

    ResponderExcluir

Oie, amores!
Espero que tenham gostado de " Amor Autêntico ". Escrevi com muito carinho e gostaria que registrassem o que acharam.
Posso contar com isso?
Amos vocês <3